LOBAO

Ver todos os pensamentos next prev

"A poesia é como um sonho que se organiza!" facebook tumblr

"Quando o acaso toca os sinos da imperfeição!" facebook tumblr

"Tanto céu e tanta estrela pra contemplar!" facebook tumblr

"Não há perigo em recomeçar!" facebook tumblr

"E viver comigo toda a minha vida e além numa espécie de ação fantasmagórica!" facebook tumblr

"Até quando vão enganar
 o rebanho no redil alegre a sambar?" facebook tumblr

"Eu vou deixar pra trás o estreito‚ o oco‚ o raso e as certezas vãs!" facebook tumblr

"E o que é banir? Quando conseguimos em um instante para sempre nos entrelaçar!" facebook tumblr

"Esse seu mundinho redondinho a qualquer hora vai desmoronar!" facebook tumblr

"Mas o dia chegará em que chão da Pátria irá tremer!" facebook tumblr

"A incoerência de quem fala depende de quem vai ouvir!" facebook tumblr

Blog

15/05/2012 | 20:00h

O Estrangeiro

(escrito em 11 de agosto de 2011, em Barbalha-Ceará, enquanto esperava a passagem de som)




Um estrangeiro vagava a buscar alguma graça,
Entre o exílio e o retorno,entre o massacre e o milagre.
Sorria de tristeza sussurrando palavras soltas…
Exilado,estrangeiro,só

Enquanto isso,o tempo se curvava
Diante de sua saudade
Paralisando seus músculos e ossos
Com a sua terrível falta

Rogava o estrangeiro por uma pequena benção
Diante daquele deserto de esperanças,diante da face fenecida da eternidade.
Olhava para o seu reflexo na água…
O espelho daquela calmaria imprimia em sua repetição,todo o frio do vazio em sua alma.

Eternidade é uma palavra tosca
Enegrecida pela efervescência ingênua da esperança
Mistério,aniquilação,retorno
O sangue furioso jorra dos penhascos enquanto todas as alturas escapam da gravidade

Me ajudem a rasgar essa vida
Pra fazer outra de seus farrapos
Rastros de maré,colapso da percepção
As portas se fecham para todas as profecias de botequim

Uma noiva pendia do cadafalso,o noivo chorava na fronteira,seu mundo todo de luto
E entre uma dança e um desencontro,sem mais nada a perder
O estrangeiro sorria de tristeza,brandamente em seu limbo,
Diante do fim.


facebook tumblr

Poderá também gostar de:

Carregando + conteúdo!
Histórico
201620142013
  • - Resenha: Manifesto do Nada Na Terra Do Nunca
  • - Literatos: Manifesto do Nada na Terra do Nunca, de Lobão
  • - Em 2001...
  • - Trecho Manifesto do Nada na Terra Do Nunca
  • - El Desdichado II (DVD Ao Vivo)
  • - Algum tempo atrás!
  • - Decadence Avec Elegance
  • - Trecho Manifesto do Nada na Terra Do Nunca
  • - Eu Não Vou Deixar (Lobão) 23/08/2013
  • - Bambina (DVD Ao Vivo)
  • - Julho (5)
  • - Junho (3)
  • - Maio (5)
  • - Fevereiro (1)
  • - Janeiro (8)
  • 2012
  • - Uma festa que vai marcar época
  • - "lino, sexy & brutal" numa noite emocionante...
  • - Cachoeira do Sul • 1992
  • - Show • Sesc Santo André (19/08/12)
  • - 1996
  • - Momentos Brilhantes da Minha Vida Ridícula - Adão Iturrusgarai
  • - Julho (4)
  • - Junho (5)
  • - Maio (11)
  • - Abril (6)
  • Os 10 posts mais Vistos

    Receba novidades por e-mail. Cadastre-se


    ® 2012 LOBAO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS tumblr myspace