{"letra":"Uma‚ duas‚ tr\u00eas‚ j\u00e1 eram quatro da manh\u00e3
\r\nE eu andando por a\u00ed desde que anoiteceu
\r\nPerambulando na cal\u00e7ada de bar em bar
\r\nTentando achar alguma coisa para me esquecer
\r\n
\r\nMe distrair ou amanhecer
\r\nOu algu\u00e9m legal pra me abandonar
\r\nPra enlouquecer um pouquinho ou talvez
\r\nOu um mont\u00e3o‚ sei l\u00e1
\r\n
\r\nFoi a\u00ed ent\u00e3o que eu te encontrei
\r\nAbsolutamente pronta para arrebentar
\r\nCom os cora\u00e7\u00f5es dos desavisados
\r\nProcurando alguma presa para estra\u00e7alhar
\r\n
\r\nParei‚ pensei‚ filosofei
\r\nH\u00e1 sempre uma outra pose por tr\u00e1s de quem posa
\r\nMas ela posa bem‚ e como um animal rastejador‚ te perguntei
\r\nT\u00e1 a fim de ir para o Universo Paralelo?
\r\nT\u00e1 a fim de arrebentar no Universo Paralelo?
\r\n
\r\nVoc\u00ea topou‚ que bom
\r\nE me prop\u00f4s agilizar rapidamente a nossa locomo\u00e7\u00e3o
\r\nChamar um avi\u00e3o pra se mandar de vez pro tal‚ pro tal
\r\nDo Universo Paralelo
\r\n
\r\nE nada ficou com in\u00edcio‚ meio e fim
\r\nE o mundo parou‚ descontinuou‚ mudou
\r\n
\r\nE ent\u00e3o‚ como foi? Legal? Que bom!
\r\nComo eu gosto de te ver assim... feliz
\r\n","autor":"","cifra":0}