{"letra":"Eu vou falar‚ \u00e9 pra valer
\r\nTenho mesmo que dizer
\r\nQue as coisas v\u00e3o mudando
\r\nE s\u00f3 n\u00e3o sabe quem n\u00e3o quer saber
\r\nE viver de escurid\u00e3o
\r\n
\r\nE a escurid\u00e3o que \u00e9 mentir
\r\nVai te deixar sem ter onde ir
\r\nPra depois voc\u00ea dizer
\r\nQue \u00e9 v\u00edtima da luz
\r\n
\r\nCidades s\u00e3o desertos
\r\nDe pedra e a\u00e7o
\r\nMonumentos de esperan\u00e7a e crueldade
\r\nDe beleza e esquecimento
\r\n
\r\nE o que eu quero \u00e9 cair na estrada
\r\nViver a vida iluminada
\r\nProfunda e deslumbrante como o sol
\r\n
\r\nMilagres pensamentos
\r\nLiberdade‚ girass\u00f3is ao vento
\r\nAlegria que cintila em toda essa vastid\u00e3o
\r\nN\u00e3o h\u00e1 perigo em recome\u00e7ar
\r\nE viajar‚ e ir al\u00e9m
\r\nDa falsifica\u00e7\u00e3o do bem
\r\nE poder sorrir e poder sonhar
\r\n
\r\nQuero o voo‚ o c\u00e9u as nuvens
\r\nChuva‚ ventania encantamento
\r\nCasas torrer chamin\u00e9s
\r\nEternidade em movimento
\r\n
\r\nE tudo o que eu quero \u00e9 subir a estrada
\r\nViver a vida iluminada
\r\nProfunda e deslumbrante como o sol","autor":"Lob\u00e3o","cifra":0}