{"letra":"Por tr\u00e1s daquele c\u00e9u
\r\nSe escondem ilhas
\r\nQue eu precisei buscar
\r\nAl\u00e9m daquele mar
\r\n
\r\nE para al\u00e9m do cais
\r\nOs barcos todos prontos
\r\nPra zarpar de vez\u2026
\r\nDe vez pra nunca mais
\r\n
\r\nE o que vier‚ ser\u00e1
\r\nO fruto do desterro
\r\nFeito em ora\u00e7\u00e3o
\r\nE o sol renascer\u00e1
\r\n
\r\nEu vou deixar pra tr\u00e1s
\r\nO estreito‚ o \u00f4co‚ o raso
\r\nE as certezass v\u00e3s
\r\nDeixar pra nunca mais
\r\n
\r\nEu sei que j\u00e1 vou tarde
\r\nVou com os \u00faltimos farrapos
\r\nDe uma liberdade
\r\nQue essa terra deserdou
\r\n
\r\nE o sil\u00eancio de uma l\u00e1pide
\r\nN\u00e3o evita as tempestades
\r\nNem os gritos dos fantasmas
\r\nNem as luzes da manh\u00e3
\r\n
\r\nEm cada rosto‚ um v\u00e9u
\r\nOculta o segredo
\r\nDas revela\u00e7\u00f5es
\r\nA m\u00e1scara
\r\n
\r\nQue se tornou de vez
\r\nO rosto esquecido
\r\nDe quem se deixou
\r\nNa vida se enganar
\r\n
\r\nMas o que eu imaginar
\r\nEm alguma parte do universo
\r\nVou encontrar
\r\nO sonho e a raz\u00e3o
\r\n
\r\nE a fantasia \u00e9
\r\nUm v\u00edcio raro para poucos
\r\nQue eu herdei
\r\nDo mundo e do amor
\r\n
\r\n","autor":"Lob\u00e3o","cifra":0}