{"letra":"Desisti‚
\r\nDe ficar tentando explicar tudo o que eu n\u00e3o sei
\r\nSe pra voc\u00ea‚ pensar em mim \u00e9 a pior forma de amar
\r\nO que fazer de mim‚ de voc\u00ea‚ de mim\u2026 de voc\u00ea?
\r\n
\r\nMesmo assim‚
\r\nSe eu conseguisse alguma forma mentirosa pra voc\u00ea falar
\r\nTe imitar em tudo at\u00e9 chegar a precis\u00e3o de uma trai\u00e7\u00e3o
\r\nAlguma coisa qualquer me responde‚ me d\u00ea um sinal!
\r\n
\r\nE se no fim‚
\r\nEu n\u00e3o quis‚ p\u00f4de parecer pra voc\u00ea‚ contradi\u00e7\u00e3o
\r\nE \u00e9‚ pode crer‚ mas o que fazer pra n\u00e3o ser t\u00e3o cruel?
\r\nE ser bom‚ ser cruel‚ pra ser bom‚ ser cruel?
\r\n
\r\nH\u00e1 muito tempo quero te dizer
\r\nQue esse seu mundinho redondinho
\r\n
\r\nA qualquer hora vai desmoronar
\r\nPerfeito‚ frio‚ sem sentido como o meu perd\u00e3o
\r\nSem voc\u00ea perceber‚ mesmo sem voc\u00ea se arrepender‚
\r\nMeu perd\u00e3o\u2026
\r\n
\r\n\u2026 E o que for‚
\r\n Seja tudo mesmo sendo quase nada‚
\r\nUma tentativa‚ ao menos‚ se puder
\r\nSem alarme‚ seja fr\u00e1gil
\r\nSe arrisque amar tudo o
\r\nQue voc\u00ea nunca p\u00f4de ser
\r\nMas‚ por favor‚ sinta alguma coisa
\r\nSinta alguma coisa‚ alguma coisa qualquer
\r\n","autor":"Lob\u00e3o","cifra":0}